quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Cansaço, altitude de 2.850 metros e um adversário inspirado. O Fluminense voltou na noite desta quarta-feira ao estádio Casablanca, em Quito, no Equador, e foi obrigado a relembrar a dramática decisão da Taça Libertadores do ano passado. Além de ter o mesmo adversário pela frente, a LDU, o Tricolor foi novamente derrotado. E, em vez dos 4 a 2 de 2008, impiedosos 5 a 1 na primeira partida da final da Copa Sul-Americana (assista aos melhores momentos do jogo no vídeo ao lado). Méndez foi o destaque com três gols. Salas fez o quarto, e De la Cruz, o quinto. Marquinho marcou para os brasileiros, com menos de um minuto de partida. É o fim de uma invencibilidade de 13 jogos dos cariocas.

Na próxima quarta-feira, no Maracanã, o Flu precisa vencer por cinco gols de vantagem para ficar com a taça ou por quatro para levar para os pênaltis. Vale lembrar que, na final, o gol marcado fora de casa não tem influência na definição do campeão. Antes, porém, o time de Cuca terá uma nova decisão pelo Campeonato Brasileiro. No domingo, o adversário será o Vitória, às 17h (de Brasília), também no Rio. Hora de voltar à luta para fugir da zona do rebaixamento.